UCI dá luz verde a nova modalidade no ciclismo

UCI dá luz verde a nova modalidade no ciclismo

BTT, Carrocel, Destaque, Noticias

UCI dá luz verde a nova modalidade no ciclismo

A UCI dá luz verde às bicicletas eléctricas de montanha e haverá modalidade e-MTB a partir de 2020.

Seguindo os passos da União Europeia de Ciclismo (UEC), que já anunciou no final de 2017 que no ano de 2020 haverá um Campeonato da Europa de e-Bikes, o Comité da Direcção da UCI aprovou na sua última reunião a decisão de integrar as bicicletas eléctricas de montanha na estrutura de modalidades reguladas por aquele organismo máximo do ciclismo. O primeiro regulamento para esta nova disciplina será elaborado durante o ano de 2019, com previsão de se arrancar para as primeiras provas de e-MTB a partir de 2020.

A decisão de integrar as bicicletas eléctricas de montanha dentro das disciplinas reguladas pela UCI é a resposta ao crescente interesse do público pela nova geração de Mountain Bikes de deslocação assistida. Ao longo de 2019, a UCI, num trabalho conjunto com as diferentes federações nacionais de ciclismo e outros representantes da indústria, discutirão as normas que regerão o primeiro regulamento da nova disciplina. A base de referido regulamento já está definida no que toca aos motores dos sistemas de assistência eléctrica que não poderão ultrapassar os 250W de potencia, só e exclusivamente serão activados ao pedalar e desligar-se-ão quando o movimento das pernas se detenha ou a bicicleta alcance os 25 km/h.