Ricardo Santos iniciou a defesa do título

Ricardo Santos iniciou a defesa do título

Golfe

Ricardo Santos iniciou a defesa do título

Ricardo Santos iniciou ontem a defesa do título de campeão nacional e volta a ter como principais rivais Filipe Lima, Tiago Cruz e o seu irmão Ricardo Santos, mas Tiago Rodrigues, a jogar em casa, João Carlota e Tomás Silva, entre muitos outros, poderão provocar boas surpresas.

O Solverde Campeonato Nacional PGA disputa-se de 20 a 22 de julho, distribuindo 12.800 euros em prémios monetários, com 2 mil euros para o campeão, 500 para a campeã e 500 para o vencedor no escalão de seniores. O Mateus Rosé Pro-Am realiza-se no dia 23. O torneio é organizado pela PGA de Portugal, sendo sancionado pela Federação Portuguesa de Golfe. O Oporto Golf Club, no concelho de Espinho, que celebra 127 anos em 2017, recebe pelo terceiro ano consecutivo a elite dos profissionais portugueses e alguns amadores de alta competição.

O torneio começou esta quinta-feira às 8h30 com Pedro Cardoso (vindo de Madrid) e Filipe Corte Real, e o último grupo sai às 9h42 com Alexandre Abreu, André Carvalho e Miguel Bianchi. João Ramos sai às 8h39 com Luís Franco e Tomás Ballesteros; às 8h48 Henrique Paulino (campeão nacional de 2003), Tomas Perkins (vice-campeão europeu amador por equipas da segunda divisão na semana passada, na Hungria) e Tiago Rodrigues; às 8h57 Filipe Lima, António Sobrinho (recordista de 11 títulos nacionais) e Tomás Silva; às 9h06 Miguel Gaspar, João Pinto Basto (joga no circuito universitário norte-americano) e Sérgio Ribeiro; às 9h15 Tomás Bessa (das seleções nacionais amadoras da FPG), João Carlota (vice-campeão nacional há dois anos) e Ricardo Santos (campeão nacional em 2011 e 2016): às 9h24 João Magalhães (compete no circuito universitário norte-americano), Gonçalo Pinto (vencedor em 2012 como amador) e Hugo Santos (campeão de profissionais nesse ano de 2012); às 9h33 Nelson Cavalheiro (ex-campeão do Masters da PGA de Portugal), Tiago Cruz (campeão nacional em 2014 e 2014) e Francisco Ataíde Jr.

Os eventos feminino e de seniores só começaram hoje, sexta-feira, com a novidade da estreia da portuguesa melhor classificada no ranking mundial, Joana de Sá Pereira, que vem de França, onde reside, à semelhança do atleta olímpico Filipe Lima. Joana de Sá Pereira, que esta semana se apurou para a Final da Qualificação do British Open (Major feminino), tentará desafiar a jogadora que há dois anos seguidos detém o título de campeã nacional, Susana Ribeiro.

No que se refere ao escalão de seniores, estarão presentes este ano os campeões dos últimos anos: o português Joaquim Sequeira (2016, 2015 e 2013) e o holandês Bart van der Wind (2014).

Ricardo Santos, campeão nacional em 2011 no Ribagolfe e em 2016 no Oporto Golf Club, está confiante: «Vou jogar porque quero defender o título e porque gosto de jogar os torneios da PGA de Portugal. Acho que o José Correia e toda a direcção da PGA de Portugal merece ter o nosso apoio pelo trabalho e esforço que tem tido nos últimos anos para recuperar a nossa associação. Sinto-me bem e o objectivo é ganhar».

Fonte: FPG