NextGen ATP: oito alterações que podem revolucionar o ténis mundial

NextGen ATP: oito alterações que podem revolucionar o ténis mundial

Carrocel, Ténis

NextGen ATP: oito alterações que podem revolucionar o ténis mundial

Sob o pretexto de agilizar o ténis e de o tornar mais atractivo, o ATP vai testar durante o torneio NextGen uma série de alterações nas partidas. Vejamos do que se trata!

O ténis quer modernizar-se para atrair tanto as televisões bem como chegar a um público mais jovem. O sistema tradicional da modalidade permite que as partidas se possam arrastar durante horas, algo que retira interesse aos espectadores e gera, inclusivamente, algum desconforto, já que um horário nunca é fixo. Numa tentativa de encurtar a duração dos confrontos, o ATP vai introduzir nove alterações com o objectivo de reduzir consideravelmente o tempo de duração dos jogos. Para testar essas inovações, a organização escolheu o torneio NextGen Master (7a11 de Novembro), em que as mais jovens promessas do ténis se defrontam num formato de ‘mini-Masters’.

As nove modificações do ATP para o ténis no NextGen Masters são:

Sets mais curtos
A primeira maneira de poupar tempo prende-se com a duração dos sets. Serão ao melhor de quatro jogos e se se chegar a 3-3 haverá directamente tie-break. Serão assim, não três mangas, mas cinco.

Não haverá iguais
Quando atinjam 40-40 desaparecerão as vantagens, passando a jogar-se nessa altura um ponto que definirá o vencedor. Desta forma, o tempo de jogo será significativamente reduzido em caso de igualdade.

Mais controle entre saques
O tempo entre um serviço e outro é sempre tema para debate. Para que isso não aconteça, haverá um relógio na pista pelo qual o jogador passa a ter 25 segundos entre o ponto anterior e o novo saque.

Aquecimento mais breve
Uma vez realizado o sorteio inicial, os jogadores disporão apenas de cinco minutos para o aquecimento em pista. Neste caso também estará activo o relógio.

Sem let no saque
Será eliminado o let no saque quando a bola passe para o campo contrário.

Olho de falcão automático
Serão eliminados os juízes de linha. Apenas haverá um em campo: o da cadeira. O olho de falcão será automático, e não a pedido.

Tempo de assistência médica
A assistência médica durante os jogos passa a ser limitada. Cada jogador só a poderá solicitar uma única vez.

O treinador não entrará em campo
Continuará a haver comunicação entre o treinador e o jogador, mas será limitada e o treinador não entrará na pista durante as pausas.

O público ganha mobilidade
Os espectadores terão liberdade de movimento em qualquer momento da partido, salvo nos fundos. Poderão entrar e sair do pavilhão em qualquer momento das partidas.