"Não me interessa a Indy nem Le Mans, só me fascina a F1"

“Não me interessa a Indy nem Le Mans, só me fascina a F1”

Carrocel, Formula 1

“Não me interessa a Indy nem Le Mans, só me fascina a F1”

Lewis Hamilton não tem quaisquer ambições no desporto automóvel fora do Mundial e unicamente o fascina outra competição: “Adoro o MotoGP“.

Está de em pleno gozo de férias, pese embora todas as viagens, festas e muitos eventos que nada têm a ver com a sua actividade profissional, a cabeça de Lewis Hamilton mantém o foco na conquista do quarto Mundial de F1, a sua grande paixão tal e como reconhece ao Autosport: “A Indy não me interessa e nem tampouco Le Mans. Apenas a Fórmula 1 me fascina e continuam a ser os melhores carros do mundo. Gosta de ralis, mas não me vejo a competir neles. Realmente, não há mais nada que me faça vibrar tanto como a F1“.

Mensagem clara que afasta especulações sobre o seu futuro e, subtilmente, um recadito velado ao seu arqui-inimigo que veio a público afirmar a sua disponibilidade para abraçar outras disciplinas “Adoro o MotoGP, mas nunca pilotei uma moto num circuito, sentir-me-ia pouco seguro. Não é como ir à Indy, onde Fernando Alonso “aterrou” e imediatamente estava na frente“.

Por último, o piloto britânico não quis adiantar opções para os próximos anos, mas assume indiscutivelmente a sua paixão por correr: “Futuro? Há coisas de que gosto e nas quais sou bom, veremos isso mais tarde. Mas há uma coisa que é certa: Quando penduro o meu capacete, sinto muita falta da competição. É horrível, nem consigo imaginar como é que o Nico consegue gerir a decisão que tomou“.