Nadal em busca da dobradinha Roland Garros-Wimbledon

Nadal em busca da dobradinha Roland Garros-Wimbledon

Carrocel, Ténis

Nadal em busca da dobradinha Roland Garros-Wimbledon

O tenista maiorquino aspira a ser rei da terra batida e dos relvados num mesmo ano e pela terceira vez, um feito alcançado apenas por sete tenistas masculinos em toda a história da modalidade.

Wimbledon perfila-se no horizonte como o seguinte grande objectivo de Rafael Nadal. O senhor dos relvados resiste às tentativas do espanhol en nas últimas temporadas, já que o seu último título no All England Club remonta ao ano de 2010. O que é facto é que, em caso de alcançar o seu terceiro título sobre o relvado de Londres, Nadal repetirá uma dobradinha histórica Roland Garros-WImbledon, o que não lhe seria inédito uma vez que já realizou esse feito em 2008 e 2010 e que foi alcançado apenas por sete tenistas masculinos em toda a história da modalidade.

À semelhança do conseguido por Nadal, apenas um jogador conseguiu vencer Roland Garros e Wimbledon no mesmo ano na última década. De seu nome, Roger Federer e decorria o ano de 2009 quando o suiço rubricou o seu primeiro título em Roland Garros frente a Robin Söderling e também rubricou o seu sexto título em Wimbledon depois de uma final sofrida frente a Andy Roddick.

Se há alguém que é perito em fazer dobradinhas Roland Garros – Wimbledon, esse alguém é Bjorn Borg. O tenista sueco arrasou completamente no final da década de 70 ao vencer Roland Garros e Wimbledon num mesmo ano em 1978, 1979 e 1980. Apenas John McEnroe evitou que o incrível sueco fizesse uma quarta dobradinha consecutiva ao impôr-se-lhe na final de Wimbledon em 1981 quando Borg já tinha arrecadado o seu sexto título de Roland Garros.

O francês Jean Borotra foi o primeiro a conseguir esta proeza, em 1924, e o seu compatriota René Lacoste repetiria a façanha um ano mais tarde, em 1925. Teriam que passar 30 anos até que o norte americano Tony Trabert conseguisse reeditar o feito em 1955. Completa este selecto club de vencedores de Roland Garros e Wimbledon num mesmo ano uma das lendas da história do ténis, o australiano Rod Laver, que entrou para a galeria ao conseguir a tão almejada dobradinha por duas vezes, em 1962 e 1969.