Márquez: "Hoje parecia que Brno chorava por Ángel"

Márquez: “Hoje parecia que Brno chorava por Ángel”

Carrocel, Destaque, Noticias, Velocidade

Márquez: “Hoje parecia que Brno chorava por Ángel”

Marc Márquez, piloto espanhol da Repsol Honda, quis homenagear o malogrado ’12+1′ vezes campeão do mundo de motociclismo, Angel Nieto, após a sua vitória este domingo no Grande Prémio da República Checa tanto no pódio como na linha da meta no circuito de Brno que, como tal como referiu o próprio Márquez, “parecia que chorava por ele“.

Foi o importante, sobretudo porque o fizemos na linha da meta e no pódio. Tínhamos de dedicar o momento ao grande Ángel, o mestre. Hoje parecia que Brno chorava por ele, depois a pista secou para que estivéssemos três espanhóis no pódio, foi incrível“, declarava o piloto catalão à Movistar MotoGP.

Após uma vitória que conquistou graças a uma estratégia ao mais puro estilo Ángel Nieto, Márquez pontuou com “9,5” a sua táctica de hoje. “A verdade é que foi uma estratégia que posso classificar com 9,5 pontos. Teria sido perfeita se eu tivesse escolhido bem os pneus de chuva. Arrisquei, fiz um ponto de situação face a como se apresentava o céu, às condições da pista e mudei para macios para fazer duas voltas, quatro ou cinco mas vi que era pior“, comentou.

Eles iam passando por mim, eu não tinha tracção, e foi quando na terceira volta decidi ‘vou à boxe e monto os ‘slicks’, hei-de conseguir melhor que agora, mas a pista ainda estava molhada. Valeu-me que apanhei o ritmo. Ao principio estive a ponto de cair umas 4 ou 5 vezes, mas quando passei a linha da meta e vi ‘P1+20’ pensei cá para mim ‘toca mas é a gerir a corrida e a chegar ao final“, acrescentou.

O tricampeão do mundo destacou o seu bom fim de semana em Brno e quer desfrutar esta vitória antes da chegada do próximo Grande Prémio em Áustria. “Foi um fim de semana muito bom, sabemos que na próxima semana há outra corrida e onde no ano passado sofremos muito, por isso não vou sofrer por antecipação, de momento estamos aqui“, rematou o piloto.

Photo: MARTIN DIVISEK para EFE