Lousã marca regresso do Nacional de Enduro

Lousã marca regresso do Nacional de Enduro

Carrocel, Enduro

Lousã marca regresso do Nacional de Enduro

Pouco mais de um mês depois da ronda anterior o campeonato nacional de enduro CFL está de regresso à actividade amanhã, Domingo, 7 de Maio, para realizar a quarta ronda do ano, prova que marcará igualmente o final da primeira metade de uma época até ao momento dominada por Diogo Ventura, invicto até ao momento e com um total de 92 pontos já somados . A vantagem de 24 pontos sobre Gonçalo Reis significa que no final da prova Diogo Ventura continuará a ser o líder do campeonato, mesmo que não consiga terminar a mesma.

Com organização a cargo do experiente Montanha Clube a prova beirã terá um percurso com cerca de 45 quilómetros por volta (especiais incluídas), e decorrerá no concelho da Lousã, com três provas Especiais Cronometradas: “EnduroTest” (E.T), “CrossTest” (C.T.), “Extreme Test” (E.X.), três Controlos Horários (C.H.) por volta e uma Zona de Assistência (Z.A.) no Aeródromo da Lousã (Paddock). Serão realizadas quatro voltas para os pilotos das classes Elite e Open. 3 voltas para os Verdes, Veteranos e Senhoras e 2 voltas para a classe Hobby.

A especial Cross Test (C.T.) será desenhada no Aeródromo da Lousã, usando o planalto do mesmo. Terreno natural, aproveitando o seu relevo com pequenos saltos e curvas bem delineadas (+/- 3.5 Km).

A Enduro Test (E.T.) será igualmente no Aeródromo da Lousã, usando as encostas existentes, em terreno misto de terra, saibro e pedra redonda aqui característica (+/- 4 Km).

A sempre exigente Extreme Test (E.X.) estará em Serpins, a 300 metros da antiga Estação da CP, em terreno natural nas margens do Rio Ceira (+/- 750m).

Esta será a 22ª edição da prova lousanense, sendo a vila beirã e os seus trilhos uma das catedrais da modalidade na Europa, tendo acolhido os ISDE em 1999 então dominados pelo já falecido Mika Ahola.