Justiça francesa investiga suspeita do uso de motor por grandes ciclistas

Justiça francesa investiga suspeita do uso de motor por grandes ciclistas

Carrocel, Estrada

Justiça francesa investiga suspeita do uso de motor por grandes ciclistas

Os magistrados Claire Thépaut e Serge Tournaire investigam a eventual utilização de bicicletas com motor no pelotão, de acordo com informação avançada pelo semanário Le Canard Enchainé.

A justiça francesa decidiu avançar e actuar no combate ao doping mecânico que enlameia o mundo do ciclismo. De acordo com informação divulgada pelo semanário Le Canard Enchainé, os magistrados Claire Thépaut e Serge Tournaire têm a seu cargo a averiguação, e processo judicial caso se venha a verificar, de se terá havido uso de bicicletas com motor na alta competição. À partida, ambos os juízes crêem que existe “um pacto de corrupção ao mais alto nível internacional que poderá ter beneficiado grandes corredores” pela utilização dos referidos elementos proibidos, ainda que sem revelarem quaisquer nomes.

O doping mecânico tornou-se na grande nuvem cinzenta que paira sobre o mundo do ciclismo nos últimos anos. Em 2016, a UCI descubriu o primeiro caso de motores em bicicletas do Mundial de Ciclocross de Zolder, quando detectaram um mecanismo motorizado na bicicleta da belga Femke Van den Driessche. Poucos meses depois, uma reportagem conjunta do Stade 2 e do Corriere della Sera denunciava publicamente a utilização de motores em provas como a Strade Bianchi ou na Coppi e Bartali. A UCI quis, assim, mostrar a máxima eficácia do seu método na luta contra estes mecanismos.

Sem mais, uma reportagem da CBS deixou antever o uso de motores no Tour de 2015 e este ano foi encontrado um motor durante uma prova de ciclismo amador. O método da UCI acabaria por ser colocado em causa nas últimas provas do calendário deste ano e o novo presidente daquele organismo, o francês David Lappartient, assegurou que a luta contra o doping mecânico, também conhecido por doping tecnológico, será uma das prioridades do seu mandato.

Photo: JESÚS RUBIO (Imagem do sistema de verificação da UCI para detectar bicicletas com motores escondidos)