Finais Mundiais Rotax no Algarve

Finais Mundiais Rotax no Algarve

Carrocel, Karting

Finais Mundiais Rotax no Algarve

Portugal recebe um dos maiores eventos desportivos do ano

Finais Mundiais Rotax no Algarve até ao próximo dia 11 de Novembro

Portugal e em particular, o Kartódromo Internacional do Algarve são, pela quarta vez, o palco escolhido para as Finais Mundiais Rotax, um dos eventos mais prestigiados do karting mundial que trás ao nosso país mais de 360 pilotos oriundos de cerca de 60 países de todo o mundo com idades a partir dos 8 anos. O evento que arrancou no passado dia 4 prolonga-se até sábado, dia 11 de Novembro com a participação de nove pilotos portugueses.

As Finais Mundiais Rotax colocam em pista os melhores pilotos do karting mundial em seis categorias: 125 Micro Max (dos 8 aos 11 anos), 125 Mini Max (doa 10 aos 13 anos), 125 Júnior Max (dos 12 aos 15 anos), 125 Max (a partir dos 14 anos), 125 Max DD2 (a partir dos 15 anos) e 125 Max DD2 Masters (a partir dos 32 anos).

Portugal estará representado por nove pilotos portugueses. Adrian Malheiro e João Oliveira na categoria Micro Max, Guilherme Oliveira na Júnior Max, Gonçalo Coutinho na Max, Pedro Pinto, Bruno Borlido e Mariano Pires na Max DD2 e Vítor Mendes e António Bravo na Max DD2 Masters.

A visita deste prestigiado evento pelo quarto ano consecutivo demonstra bem as condições que Portugal, e neste caso em particular o Kartódromo Internacional do Algarve têm, para a prática da modalidade assim como as condições que oferece para receber pilotos e equipas, que nesta altura do ano, enchem as ruas de Portimão.

Para Ni Amorim, Presidente da FPAK este é um evento que merece todo o carinho e atenção por parte da entidade federativa: “O karting é a escola do nosso automobilismo. E neste caso específico as Rotax Series têm tido um papel fundamental no fomento da modalidade em todo o mundo mas também no nosso país, através do Troféu Rotax. Assim, é com enorme orgulho e satisfação que vejo este evento acontecer no nosso país pelo quarto ano consecutivo. Tenho a certeza que será um sucesso em termos organizativos e desportivos. No entanto, espero claro, que os nossos pilotos brilhem mais que os outros e que façam a diferença nas grandes finais. Temos pilotos excepcionais no karting que merecem este desfecho”, concluiu.