Filho de peixe sabe nadar?

Filho de peixe sabe nadar?

Carrocel, Destaque, Noticias, Rallis

Filho de peixe sabe nadar?

Carlos Sainz Jr. “Rallyes são algo que quero fazer no futuro”

O piloto da Renault na F1 participou numa especial do WRC Monte Carlo e assegura que os rallyes são e serão parte da sua vida

Carlos Sainz Junior estreou-se na primeira prova do Campeonato do Mundo de Rallyes, o Rallye de Monte Carlo, e fê-lo a bordo de um Renault Megane RS. O piloto espanhol calçou as luvas na corrida alpina e, sem dúvida, uma das mais lendárias do WRC, evento no qual o seu pai foi proclamado vencedor em três ocasiões: 1991, 1995 e 1998.

Sobre um manto branco ao mais puro estilo de Monte Carlo, Sainz Jr. completou o último troço cronometrado –TC17- partindo de La Cabanette para terminar no conhecido Col de Braus. Porém, que ninguém diga que o Mundial é fácil: “Fui com muito cuidado“, disse Sainz Jr. em declarações aos media e acrescentou “Não era o dia para fazer loucuras e sobretudo por não ter passado antes pelos troços para ter feito as minhas próprias notas”. Não obstante, explicou que “graças a Rodrigo”, o seu co-piloto, que preparou as necessárias notas no sábado anterior “puderam andar mais tranquilos”. Por outras palavras, o jovem piloto “conseguiu ir com alguma calma” mas, ainda assim, registar algumas memórias bastante curiosas.

Logo que fui para o primeiro troço, foram-me vindo à memória histórias que o meu pai sempre me contava sobre o quão mítico é este rallye, a quantidade de troços, de ligações, que ele fez, a quantidade de vezes que ele passou por aqui… e uma vez chegado a Turini todas essas memórias se tornaram mais claras sobretudo porque essa parte da especial estava complicada, cheia de neve, de gelo, muito complicada e rápida”. “Aí comecei a apreciar bastante mais o que supõe que seja para apreciar numa prova do WRC”, comentou o jovem piloto de 23 anos.

Mas, apesar de ser o seu primeiro rallye e ter a cabeça “em modo” Fórmula 1, Carlos deixou bem claro que “os rallyes fazem parte da minha vida, fazem parte do que eu quero fazer no futuro seja por “hobby” ou por carreira, mas tenho a certeza que algum dia eu estarei a participar”. Ao piloto da Renault correm-lhe “no sangue os rallyes”, tal como ele próprio se definiu quando terminou esta estreia que tanto ansiava e com que sonhava desde criança.

Porém, para ver Sainz Jr. a fazer uma temporada WRC teremos que esperar algum tempo pois o jovem quer permanecer focado na categoria rainha e conseguir alcançar o ambicionado título de F1. “Ainda falta um tempo para eu ir para os rallyes” afirmou e acrescentou “Quando conseguir atingir os meus objectivos na F1 e com o passar dos anos virei para os rallyes”. Carlos sonha em grande e antes de que se dedique ao Mundial de Rallyes quer fechar o capítulo da Fórmula 1 com a medalha de ouro.

Orgulhoso de uma lenda: o seu pai

Por outro lado, ao ser inquirido sobre a recente vitória do seu pai, Carlos Sainz, no último Dakar, o jovem respondeu “Pois cada vez com mais orgulho, não? Cada vez mais tens razão para parar e pensar sobre o mérito que ele tem e o difícil que é o que ele já fez”. “Vi-o desfrutar da vitória, felicíssimo, apesar de ele ser pouco expressivo, vi-o e vejo-o muito, muito feliz, apesar de tão exigente que é consigo próprio… tenho uma enorme admiração por ele”, comentou.

Para fecho de conversa, Sainz Jr deixou no ar alguma pista sobre a possível retirada do seu pai “Não houve ainda tempo nem para pensar nisso, tem sido uma roda viva de eventos, muitas entrevistas, muitos programas de televisão e ainda não conseguiu uns dias tranquilo em casa para ponderar sobre esse assunto, mas é uma decisão que não tardará em tomar”, assegurou.

Foto: Scratch Media