Extreme Trial 4X4 Couço 2016: Tradição cumprida

Extreme Trial 4X4 Couço 2016: Tradição cumprida

Carrocel, Trial 4x4

Extreme Trial 4X4 Couço 2016: Tradição cumprida

O EXTREME TRIAL 4X4 COUÇO 2016 esteve um ano mais à altura da fama que foi conquistando ao longo dos últimos anos, e no passado dia 10 de julho repetiu-se uma vez mais uma grande festa nesta simpática vila Ribatejana, onde a boa disposição foi companheira inseparável de um grande evento de trial.

O “Extreme Couço” não é fácil. Participantes e público sabem bem disso. Este evento coloca desafios únicos no que diz respeito á modalidade de trial 4×4, e até  mesmo ao desporto motorizado que de um modo geral se pratica no nosso país  Aqui não são as rochas, as subidas ingremes, os buracos ou os lamaçais que colocam dificuldades, mas sim as extensas e profundas travessias do Rio Sorraia com um leito de areia mole, onde de um momento para o outro mesmo os mais bem preparados se podem ver a braços com grandes dificuldades

Do outro lado da moeda o “Extreme Couço” apresenta um recinto fantástico,  acolhedor e seguro para público e participantes, e que tem na extensa praia fluvial da qual muitos tiraram proveito, o complemento prefeito.

Ao todo compareceram a este desafio 27 equipas repartidas por cinco classes diferentes,  verdadeiros campeões que sobretudo ao longo de toda a tarde muito foram lutando entre si e contra as águas do Sorraia na tentativa de chegar em primeiro ao final.

 

CLASSE SUPER PROTO: TEAM F-POWER DE NOVO NO TOPO DA CLASSIFICAÇÃO

Capaz de superar tudo e mais alguma coisa, a dupla composta por Filipe Esteves (piloto) e João Lucas (navegador) voltou a vencer nesta temporada.  A sua rapidez e capacidade de adaptação a terrenos sempre diferentes aliadas a uma viatura bem preparada tem sido a chave do sucesso desta jovem equipa que levou para casa mais um troféu, o terceiro em três provas que participou este ano, faltando-lhe apenas o do evento de abertura da temporada, no qual não participou.

O Team F-Power começou o dia da melhor maneira, vencendo o sector de perícia.  Atrás de si ficou a equipa que até aqui liderava sozinha a classificação do Troféu, o Team MM 6018/ TVA/ Papelaria Americana.  Em terceiro lugar enquanto em terceiro ficava o Team Lubecar.

Depois do curto setor de perícia seguiram-se as 2 longas horas de muita emoção e luta em pista com 3 equipas a lutarem até quase ao final pelo primeiro lugar.  Neste grupo estava o Team F-Power que venceu este sector com 19 voltas cumpridas. Com 18 voltas á pista terminaram 2 equipas. O estreante Team RJ 69/ XS5 e o Team MM 6018/ TVA/ Papelaria Americana.  No entanto uma penalização aplicada à equipa 715 acabou por os fazer descer para quarto, deixando o Team RJ69 / XS5 sozinho em segundo lugar.  E em terceiro ficou o Team Lubecar.

Transpondo os resultados para a classificação final, o vencedor do Extreme Trial 4×4 Couço 2016 foi o Team F-Power seguido do Team RJ 69/XS5 em segundo .  A fechar o pódio terminou o Team Lubecar.

Na classificação geral do Troféu, o primeiro lugar é repartido agora entre o Team F-Power e o o Team MM 6018/ TVA/ Papelaria Americana ambos com 80 pontos.  Em segundo lugar, o Team Pakelo/ Lubrificantes/ Auto Higino com 76 pontos e em terceiro o Team Lubecar com 70.

 

CLASSE PROTO:  FRAGOSO TT SOMA MAIS UM TRIUNFO.

Sendo o grande favorito á vitória, o Team Fragoso TT demonstrou no Couço uma vez mais porque recai sobre si esse mesmo favoritismo ao triunfar nesta prova emblemática do Extreme, somando a quarta vitória consecutiva em 2016.

No entanto o primeiro líder do dia foi o Team Bur Pizza, que conseguiu superar os obstáculos do setor de perícia significativamente mais rápido que os seus adversários.

Em segundo aparecia o Team Fragoso TT, com o tempo de 1:05,34, quase 22 segundos a mais lento que o seu rival que fez apenas 00:43,88.  O terceiro lugar ficou para a equipa da casa, o Team RCA com 1:11,32

A resistência desta classe foi particularmente interessante de seguir, com a vitória a ser decidida em cima da linha de meta, com vantagem para o Team Fragoso TT, que venceu com 20 voltas cumpridas,  mas apenas 3m19s mais rápido que o Team RCA também que também deu 20 voltas.

Foi aliás do Team RCA a volta mais rápida, com apenas 4m25s.  Verdadeiramente impressionante, tendo em conta as dificuldades e características da pista.

O terceiro classificado foi o Team Auto Mouro, equipa que também fez um resultado digno de registo e de alto nível, com 19 voltas cumpridas.

E quanto ao vencedor a perícia, viu o azar bater-lhe à porta logo no inicio da resistência, tendo cumprido apenas uma volta e sendo assim relegado para ultimo lugar.

Na geral da Classe Proto, venceu o Team Fragoso TT, seguido do Team RCA em segundo e do Team Auto Mouro em terceiro.

Na classificação geral do Troféu, o Team Fragoso TT é cada vez mais o líder isolado, com 100 pontos conquistados até ao momento, seguido do Team Auto Mouro com 86 e do Team BS Auto com 80, segundo e terceiro classificados respectivamente.

 

CLASSE PROMOÇÃO: AUTO BERNARDO/ CAPITCHO TEAM VENCE NA PASSAGEM PELO COUÇO.

 À semelhança das “classes maiores” também na Promoção a vitória ficou entregue á equipa que venceu no evento anterior, desta vez ao Auto Bernardo/Capitcho Team.   Apesar dos esforços do   Bellissimus Caffé Team, a verdade é que a equipa do Land Rover, embora por uma curta margem, foi uma vez mais superior.

O dia até nem começou da melhor maneira para a Auto Bernardo/Capitcho Team, pois foi apenas o quinto classificado na perícia.  Venceu o seu mais direto rival , o Bellissimus Caffé Team, seguido do Green Team em segundo lugar e do Dream Power 4×4 em terceiro.

Mas a prova do Couço é conhecida por ser muito diferente das outras, e as suas características muito peculiares baralharam toda esta ordem de classificação na fase seguinte do evento.  O segundo e o terceiro classificado da resistência ficaram ambos atascados perdendo muito tempo e descendo irremediavelmente na classificação.     Em sentido oposto e a dar-me muito bem com as “águas do Sorraia”  esteve Auto Bernardo/Capitcho Team que deu umas 24 impressionantes voltas ao circuito da Promoção  no seu caminho rumo à vitória.  Foi aliás esta equipa que fez o tempo mais rápido, com 2m21s apenas, o que é extraordinário tendo em conta que tinha que cruzar o rio duas vezes.

Com uma prestação igualmente digna de registo terminou o Bellissimus Caffé Team, muito embora tenha realizado uma volta a menos que o vencedor e terminado assim em segundo lugar.

Para ajudar a perceber o ritmo dos dois primeiros está o resultado do terceiro classificado, a equipa Show-Time Performance que  deu 12 voltas, menos 11 que o segundo classificado.

Na classificação final, venceu uma vez mais o Auto Bernardo/Capitcho Team, com o Bellissimus Caffé Team a ser o segundo e o estreante Show-Time Performance a ser o terceiro.

No classificação do troféu ainda lidera o Bellissimus Caffé Team agora com 88 pontos, mas que tem cada vez mais perto de si o Auto Bernardo/Capitcho Team que soma agora 80 pontos e ocupa o segundo lugar.  Em terceiro está o Green Team com 74.

 

CLASSE FUN: VITÓRIA PARA O AUTO BERNARDO / CAPITCHO TEAM I

 A classe FUN,  a verdadeira porta de acesso ao mundo do “Extreme” teve a luta pela vitória repartida apenas por duas equipas, já que as restantes depressa sucumbiram dificuldades do  traçado.

De salientar que apesar da coincidência de nomes das equipas, estamos na verdade da falar de duplas de pilotos diferentes entre a classe Promoção e a Classe FUN I

Assim, enquanto na perícia venceu o Team Auto Bernardo / Capitcho Team II, já na Resistência viria a vencer o Team Auto Bernardo / Capitcho Team I

A dupla vencedora conseguiu dar 20 voltas ao circuito dentro do tempo regulamentar, enquanto o segundo classificado deu apenas 15.

No final o primeiro lugar foi para  Team Auto Bernardo / Capitcho Team I e o segundo para a Team Auto Bernardo / Capitcho Team II.  Em terceiro, e com uma prestação significativamente inferior ficou o Team Sem Pressas.