Djokovic e Federer poderão ter de disputar a meia-final no Open da Austrália

Djokovic e Federer poderão ter de disputar a meia-final no Open da Austrália

Carrocel, Ténis

Djokovic e Federer poderão ter de disputar a meia-final

no Open da Austrália

Foi hoje divulgado o programa do Open da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada 2018, e tanto Novak Djokovic como Roger Federer não poderão dizer que tiveram muita sorte na disposição dos confrontos calendarizados para Melbourne. Os dois caíram na parte de baixo do sorteio e poderão ter de se enfrentar numa possível meia-final da competição que terminará no dia 28 de Janeiro.

Além de ter de considerar a hipótese de vir a enfrentar Federer antes da final, Djokovic não terá a vida facilitada para conquistar mais um título do Open da Austrália. O sérvio poderá ter de enfrentar Gael Monfils logo na segunda ronda e o duelo pode acabar por ser equilibrado devido aos problemas físicos de que Djokovic padece. Se passar de fase, o tenista sérvio ainda se pode deparar com Stan Wawrinka, detentor do título na edição de 2014.

Por seu turno, para Federer não se antevêem problemas nas primeiras fases. Porém, já terá de aplicar o seu melhor ténis na segunda semana da competição australiana. O maior vencedor de Majors da história poderá sentir maiores dificuldades nuns hipotéticos quartos-de-final se lhe calhar, por exemplo, Juan Martin Del Potro, que foi o seu “carrasco” no Open dos Estados Unidos de 2009.

Caso o confronto entre os dois tenistas venha realmente a acontecer nas meias-finais, será “casa cheia” para os amantes da modalidade. Além de ambos não serem amigos pessoais, os dois são os maiores campeões do torneio! A abrir o apetite pode ainda acontecer que o helvético iguale a marca do adversário, caso vença o troféu. Outra boa razão para estarmos expectantes relativamente a essa possibilidade é o facto de ambos já terem protagonizado duelos memoráveis, tanto em Wimbledon quanto no Open dos Estados Unidos, ainda que nunca em Melbourne.

Estão, portanto, reunidos os ingredientes para não perdermos pitada deste primeiro Grand Slam 2018. Que comecem os jogos!

Photo: GLYN KIRK/AFP