Barreda vence a etapa mas pode ter de desistir

Barreda vence a etapa mas pode ter de desistir

Carrocel, Dakar

Barreda vence a etapa mas pode ter de desistir

Barreda Bort queria muito chegar ao bivouac. Isto porque foi de imediato alvo de assistência médica para avaliação do seu estado de saúde após uma queda ao Km 300 onde magoou o joelho.

Qer isto dizer que Barreda ganhou a etapa mas a sua continuidade no Dakar não está, de todo, assegurada.

O piloto da Honda adiantou-se oito minutos a Benavides e três a Van Beveren, agora líder da prova. Mas ao kilómetro 300 sofreu uma queda onde se terá magoado no joelho direito o que o levou o mais rápido que conseguiu ao bivouac de Uyuni onde os médicos o aguardavam para avaliar a sua situação clínica.

Coxeava bastante enquanto caminhava, mas ainda conseguiu terminar a etapa num ritmo suficientemente rápido como para assegurar o seu terceiro triunfo parcial nesta edição do Dakar. O outro problema é que nesta jornada não há assistências, nem tão pouco o fisioterapeuta da sua equipa. Um contratempo que pode resultar fatal para um Dakar que estava a decorrer quase imaculado para Barreda. Aguardamos!!!

(actualização às 20h10 hora de Lisboa): 

Pois que não puderam avaliar os danos do meu joelho em boas condições, viram que há líquido e que o ligamento externo está bastante instável. Vão fazer-me outra radiografia daqui a pouco mas se calhar não vai adiantar de muito. Vou eu estar atento ao que sinto e tentar perceber se conseguimos estabilizar o joelho com uma ligadura. Ou seja, ver se consigo fazer alguma coisa por forma a continuar em prova amanhã“, foi o comentário de Joan Barreda depois de ser atendido pelos médicos.

O incidente aconteceu numa zona rápida: “Saí de pista, havia uns buracos muito grandes e eu cai e depois caiu-me a moto em cima. Não consegui, logo no momento, levantar-me, ficou agoniado e tive de me recostar uns minutos para conseguir por-me em pé. Voltei à pista mas mais devagar e em várias curvas para o lado esquerdo não conseguia apoiar a perna e tinha de me atirar para o chão porque o joelho está totalmente instável“.

As próximas horas serão decisivas!