A caminho do Open da Australia

A caminho do Open da Austrália…

Carrocel, Ténis

A caminho do Open da Austrália…

  • Os fãs de desporto vão poder assistir a grandes duelos que marcam a preparação dos tenistas rumo ao primeiro “Grand Slam” da temporada.

 

  • ATP Sydney International e World Tennis Challenge: dois torneios de qualidade que o Eurosport emite depois de ter começado o ano com a Hopman Cup, o Brisbane International e o ATP Qatar Open.

 

Em Janeiro, os fãs de ténis vão poder contar com uma grelha repleta com muitas horas de bons torneios que marcam a preparação dos atletas para o Open da Austrália, o primeiro “Grand Slam” da temporada. O Eurosport vai ainda fazer uma ampla cobertura do evento e, para tal, conta com os melhores comentadores e especialistas entre os quais se incluem antigos campeões.

 

ATP Sydney International 

7 a 13 de Janeiro – Sydney, Austrália

O Sydney International é mais um dos torneios que não pode perder neste inicio do ano já que marca a preparação de muitos tenistas para o primeiro “Grand Slam” da temporada, o Open da Austrália. De 7 a 13 de janeiro, o Eurosport emite este histórico torneio de grande tradição cuja primeira edição data de 1885.

Atualmente o ATP de Sydney recebe os melhores jogadores na semana que antecede o arranque do Open da Austrália. O tenista da casa Lleyton Hewitt fez furor ao conquistar quatro troféus consecutivos entre 2000/01 e 2004/05. Para a edição de 2018 estão confirmadas as presenças do japonês Kei Nishikori, o espanhol Fernando Verdasco e o campeão em título o luxemburguês Gilles Muller.

World Tennis Challange 

8 a 10 de Janeiro – Adelaide, Austrália

A 10.ª edição do World Tennis Challenge reúne durante três dias um cartaz de luxo onde alguns dos melhores tenistas da atualidade e lendas do passado medem forças nos courts do Memorial Drive Park, em Adelaide. É um dos cinco torneios das Australian Open Series juntamente com a Hopman Cup, o Brisbane International, o Hobart International e o Sydney International.

Em 2018, este torneio de exibição junta as equipas da Austrália (Mark Philippoussis, Thanasi Kokkinakis e a dupla John Peers/ Henri Kontinen), dos E.U.A. (Andre Agassi, Frances Tiafoe e a dupla dos irmãos Bryan, Bob e Mike) e uma Internacional composta pela “lenda” Mats Wilander, pelo francês Gael Mönfils e pela dupla Jamie Murray da Escócia e Bruno Soares do Brasil.

Photo: Getty Images